Granular Insights: como aproveitar ao máximo o compartilhamento de dados com o time?

Uma das grandes vantagens de aderir ao Granular Insights para direcionar o monitoramento de uma lavoura é a possibilidade de compartilhar o acesso com os seus parceiros de confiança, sem limites ou custos. Tudo isso de forma rápida, fácil e com controle de nível de acesso.

Dentro do Granular Insights, há três tipos diferentes de acesso, sem limite no número de usuários em nenhuma das categorias. Veja mais detalhes abaixo:

  • Visualizadores podem visualizar todos os talhões da propriedade e todos os mapas gerados, mas não podem editar nenhuma informação ou delimitação da área. Este nível de acesso é ideal para compartilhar com parceiros comerciais, fornecedores e consultores.
  • Editores podem, assim como os Visualizadores, visualizar todas as imagens históricas da propriedade, além de editar informações e delimitações de talhão, assim como adicionar talhões dentro da propriedade. Este nível é ideal para compartilhar com a equipe de trabalho, que vai ajudar o produtor a manter os talhões configurados e atualizados, além de ter acesso ao histórico de imagens.
  • Administradores podem, assim como Visualizadores e Editores, visualizar, editar, adicionar talhões, com a diferença que também consegue gerenciar configurações para a propriedade e os acessos dos demais usuários. Portanto, recomendamos dar esse acesso apenas a usuários de extrema confiança.

Ao descentralizar o acesso à informação, os responsáveis pelo monitoramento podem se comunicar melhor com a equipe de trabalho, para terem a mesma visão sobre a situação de cada setor da lavoura. Mas na prática, como aproveitar essa funcionalidade para agilizar a tomada de decisões? Afinal, esse é um ponto crucial para garantir os melhores resultados.

A seguir, elencamos quatro situações em que o compartilhamento de informações do Granular Insights com o time teria impacto positivo no processo de monitoramento e gestão da lavoura:

#1 Compartilhando dados com parceiros de sementes

Ao compartilhar os mapas com o parceiro de confiança que ajuda na escolha dos melhores híbridos e cultivares para cada safra, fica fácil acessar o histórico de cada talhão, organizar as informações sobre o desenvolvimento das lavouras de uma safra para outra e buscar possíveis zonas de manejo.

O acesso aos mapas pode orientar, por exemplo, a escolha de cultivares para cada seção do talhão, uma decisão que pode ser tomada em conjunto com o parceiro de sementes, cujo olhar pode ser mais técnico e apurado sobre o seu próprio produto. Por isso, consegue fazer recomendações mais inteligentes para a sua necessidade.

Após o plantio, esse mesmo parceiro de confiança também pode ajudar na avaliação sobre a situação da lavoura, a partir das imagens coletadas via satélite e das análises feitas pelo nosso algoritmo. Juntos, produtor e parceiro podem identificar problemas no plantio e decidir se compensaria um ajuste tardio.

#2 Compartilhando dados com parceiros de defensivos

As imagens remotas de satélites ajudam o agricultor a encontrar anomalias em um talhão de forma rápida, antes que o problema se torne maior. Ao ajudar a monitorar a sua área, com o fator de conhecer bem o próprio portfólio e a área de seus clientes, o fornecedor de defensivos pode opinar com mais propriedade na escolha do produto ideal para fazer o manejo necessário para cada tipo de problema. Além de ter acesso antecipado às informações, acelera o tempo de resposta que ele pode ter a problemas no talhão.

Com as imagens de satélite, por exemplo, é possível buscar prováveis falhas na aplicação dos produtos ou incidência de problemas e, desta forma, realizar as devidas correções. Da mesma forma, o representante poderá identificar falhas na dessecação, com o aparecimento de reboleiras de ervas daninhas.

Outro fator importante do compartilhamento das imagens com parceiros é que eles poderão te ajudar a identificar problemas com deriva de produtos aplicados, que podem aparecer nas imagens de índice vegetativo nas proximidades das áreas aplicadas.

#3 Compartilhando dados com consultores

Sabemos que os solos brasileiros podem ter necessidade de correção em algumas regiões antes de cada safra, investindo grande parte de seus custos em fertilizantes e corretivos.

Ao compartilhar os mapas do Granular Insights com os parceiros que atuam na área de fertilidade e correção de solo, como consultores, estes podem ter acesso ao histórico e ajudar na identificação de áreas das áreas da propriedade, bem como fazer recomendações sobre o que pode ser feito em cada uma delas.

#4 Compartilhando dados à distância

Como o serviço pode ser acessado a qualquer hora e de qualquer lugar, fica muito mais fácil demandar a equipe de monitoramento caso o produtor não esteja na propriedade e as imagens revelem uma situação anormal.

Para quem está em outro estado, o Granular Insights direciona o monitoramento da situação do pasto, por exemplo, sendo muito útil para quem atua em outras regiões além daquela que reside.

Todo esse trabalho também é agilizado com o apoio de outra funcionalidade: a Priorização Automática de Talhões, que identifica as áreas que apresentam algum desequilíbrio, usando diferentes parâmetros, e prioriza quais precisam de mais atenção naquele momento, promovendo assim uma economia de tempo e recursos humanos na hora de monitorar a campo a lavoura.

Fique por dentro!

Deixe o seu e-mail para receber novos posts do blog direto em sua caixa de entrada