Mitos e Verdades sobre Agricultura

Você já ouviu falar que “vivemos na era das fake news”? “Fake news”, quando traduzidas para o português, são as “notícias falsas”. É um termo novo para algo que acontece há tempo. Existem notícias falsas sobre tudo: política, economia, saúde, pessoas famosas, etc. Isso faz com que ninguém fique a salvo desses mitos e verdades, nem mesmo o agronegócio.

Na agricultura, existem alguns mitos que perpassam anos e anos e continuam sendo tratados como verdade. E algumas verdades, como mitos. Por que isso acontece? Pela mesma razão que as “fake news” ganham espaço: falta de informação.

Em uma série de posts nos propomos a ir atrás de alguns mitos e verdades sobre a agricultura e trazê-los aqui. Começaremos com mitos e verdades sobre a agricultura em geral. E claro, traremos a fonte da informação. Vamos lá!

O Brasil é um dos maiores exportadores de grãs do mundo?

Verdade! Em 2020, os Estados Unidos, com 138 milhões de toneladas, foi o maior exportador de grãos e o Brasil ficou em segundo lugar, com 122 milhões de toneladas. Com base no histórico brasileiro, e mantendo o crescimento, em cinco anos o Brasil deve superar os Estados Unidos e se tornar o maior exportador de grãos do mundo.

Fonte: Agência Brasil/Embrapa

A agricultura emprega mais de 18 milhões de brasileiros?

Verdade! O número total de trabalhadores no campo e nas empresas ligadas à cadeia do agronegócio brasileiro chega a 18 milhões. Isso representa 20% do total de empregos no país. Esse resultado vem de um estudo feito pelo Cepea/Esalq (Centro de Estudos de Economia Agrícola da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz de Piracicaba, SP). A pesquisa não contabilizou os agricultores que produzem para consumo próprio, o que desperta a certeza de que existem muitas mais pessoas trabalhando nos cultivos das lavouras.

Fonte: CEPEA

O Brasil é o país que mais aplica agrotóxicos por hectare?

Mito! Segundo as últimas pesquisas divulgadas, o Brasil se posiciona em sétimo lugar na lista de países que mais usaram defensivo agrícolas, popularmente chamados de agrotóxicos, por área plantada, ficando atrás de Japão, Coréia, Itália, Alemanha, França e Reino Unido.

Fonte: Fio Cruz

As áreas de preservação da vegetação nativa pelo agronegócio representam 282,8 milhões de hectares conservados no campo?

Verdade! O número vem de um estudo feito pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e significa que 33,2% do território brasileiro têm preservação de vegetação nativa vindas de propriedades rurais. Esse número é ainda maior, visto que a pesquisa cruzou apenas dados de imóveis registrados no Sistema Nacional do Cadastro Ambiental Rural (SiCAR). Estima-se que as propriedades não cadastradas possuem, cerca de, 55 milhões de hectares de áreas dedicadas à preservação, o que soma-se mais 6,5% ao número do território nacional conservado pela agricultura.

Fonte: SNA

Alimentos transgênicos não são seguros para o consumo?

Mito! No Brasil existe o Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB) que aprova os transgênicos para diversos usos como para o plantio, para o consumo humano e para o consumo animal. Os transgênicos são seguros, possuem a função de potencializar as produções e garantir a segurança alimentar. O nosso país é referência, por conta da aprovação da Lei de Biossegurança, em 2005, que é reconhecida internacionalmente como uma das regulamentações mais rigorosas e completas do mundo, o que trouxe ao Brasil reconhecimento na produção de alimentos seguros.

Fonte: Crop Life

Na nossa próxima postagem sobre mitos e verdades, iremos abordar alguns rumores relacionados à agricultura digital. Seria o agricultor brasileiro o menos digitalmente informado ou isso é um mito? Fique de olho no nosso blog e redes sociais para acompanhar a continuação da nossa série que busca desmistificar alguns assuntos que permeiam o universo do agronegócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fique por dentro!

Deixe o seu e-mail para receber novos posts do blog direto em sua caixa de entrada